Bem vindos ao Blog do Julhão, um blog 100% Esportivo e atualizado diariamente por Júlio César.

domingo, 10 de junho de 2018

AMISTOSOS DA SELEÇÃO BRASILEIRO DE FUTEBOL

 

COM SHOW DE NEYMAR E COMPANHIA O BRASIL VENCE A ÁUSTRIA POR 3 A 0 E ENCERRA SUA PREPARAÇÃO PARA A COPA DA RÚSSIA


        Mostrando equilíbrio em todos os setores (Defesa, meio de campo e ataque), o Brasil não tomou conhecimento da seleção da Áustria e venceu seu último amistoso por 3 a 0. Com gols do trio ofensivo Gabriel Jesus, Neymar e Philippe Coutinho. O Brasil fez uma partida de encher os olhos e se credenciou de vez como uma das favoritas para conquistar a Copa 2018. Gabriel Jesus abriu o placar aos 36' do 1º tempo; Neymar ampliou aos 18' e Philippe Coutinho fechou o placar aos 24' do 2º tempo; Agora o Brasil viaja para a Rússia onde estreia no próximo Domingo dia 17 contra a seleção da Suíça.


O JOGO

O Brasil manteve maior posse de bola desde o começo do amistoso e, com paciência, procurou a melhor alternativa para tentar furar a defesa austríaca. O time local não aliviou para a Seleção no último ensaio antes da Copa do Mundo e marcou duro, principalmente o atacante Neymar.
A Áustria chegou a assustar no momento Lainer recebeu de Schopf pela direita e cruzou para Arnautovic chutar por cima do gol. O Brasil respondeu com Philippe Coutinho, que limpou a marcação pelo meio e chutou para defesa na ponta dos dedos do goleiro Lindner.
A Seleção Brasileira inaugurou o marcador aos 34 minutos do primeiro tempo. Após escanteio pela direita, Marcelo pegou a sobra de fora da área e chutou. A bola desviou na defesa e sobrou na esquerda para Gabriel Jesus, em posição duvidosa, finalizar com categoria diante de Lindner.
O time visitante marcou o segundo gol aos 17 minutos da etapa complementar. Willian recebeu pela direita e, com visão de jogo, acionou Neymar do lado oposto. O camisa 10 dominou com tranquilidade, deixou Dragovic no chão e fuzilou o goleiro adversário.
Em desvantagem, a Áustria esmoreceu e sofreu o terceiro gol aos 23 minutos da etapa complementar. Em jogada pela esquerda, Roberto Firmino, que substituiu Gabriel Jesus, tabelou com Philippe Coutinho. O meia sobrou livre na cara de Linder e definiu com competência.
Tite aproveitou a etapa complementar para realizar alterações e dar ritmo a alguns reservas, entre eles Douglas Costa, que substituiu Neymar. A Seleção Brasileira teve chances para marcar o quarto gol, uma delas com Firmino, mas o placar seguiu inalterado.

ÁUSTRIA
BRASIL

0x3



Local: Estádio Ernst Happel (Viena);
Data: 10/06/2018, Domingo;
Hora: 11h00 (Horário de Brasília);
Árbitro: Viktor Kassai (Hungria);
Assistentes: Oszkar Lemon (Hungria) e Zsolt Varga (Hungria;
Cartões amarelos: Schopf, Prodl (Áustria);
Gols: Gabriel Jesus (Brasil) 34' do 1º tempo; Neymar (Brasil) 17' e Philippe Coutinho (Brasil) 23' do 2º tempo;

ÁUSTRIA
Lindner; Prodl, Dragovic, Hinteregger e Lainer; Baumgartlinger, Schlager (Burgastaller), Schopf (Hierlander), Grillitsch (Zulj) e Alaba; Arnautovic.
Técnico: Franco Foda

BRASIL
Alisson; Danilo, Thiago Silva (Marquinhos), Miranda e Marcelo (Filipe Luis); Casemiro (Fernandinho), Paulinho, Philippe Coutinho (Taison), William e Neymar (Douglas Costa); Gabriel Jesus (Firmino).
Técnico: Tite



domingo, 3 de junho de 2018

AMISTOSOS DA SELEÇÃO BRASILEIRO DE FUTEBOL


   O Brasil venceu neste domingo (03/06), a boa equipe da Croácia pelo placar de 2 a 0, com gols de Neymar e Firmino. A Seleção brasileiro não fez um bom primeiro tempo e esteve por varias vezes próxima de tomar um gol dos croatas. O trio formado por Casemiro, Paulinho e Fernandinho não surtiu o efeito esperado deixando o Brasil lento e com uma saída de jogo bem complicada. Para a segunda etapa, as alterações feitas pelo técnico Tite deixaram o Brasil mais veloz e com uma maior qualidade. A entrada de Neymar fez com que a seleção canarinha aumentasse o ritmo de jogo com mais força no ataque e aos 24 minutos do segundo tempo em uma grande jogada do camisa 10 o Brasil abriu o placar. 1 a 0; O segundo gol só saiu nos acréscimos com Firmino. Aos 48 minutos o craque do Liverpool dominou a bola no peito dentro da área e com um leve toque encobriu o goleiro da Croácia dando números finais ao jogo. O Brasil volta a campo no próximo Domingo (10/06) contra a Áustria no último amistoso antes da estreia na Copa do Mundo diante da Suíça.

BRASIL
CROÁCIA

2x0



Local: Estádio Anfield Road, em Liverpool (Inglaterra) 
Data: 3 de junho de 2018, domingo 
Horário: 11 horas (de Brasília) 
Árbitro: Michael Oliver (Inglaterra) 
Assistentes: Stuart Burt e Simon Bennett (ambos da Inglaterra) 
Cartões amarelos: Fernandinho (Brasil); Kramaric, Perisic, Rakitic (Croácia) 
Gols: Neymar (Brasil) 24' e Roberto Firmino (Brasil) 48' do 2º tempo;

BRASIL
Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda (Marquinhos) e Marcelo (Filipe Luís); Casemiro, Paulinho, Willian (Taison), Fernandinho (Neymar) e Philippe Coutinho (Fred); Gabriel Jesus (Roberto Firmino) 
Técnico: Tite

CROÁCIA
Subasic; Vrsaljko (Jedvaj), Corluka (Caleta-Car), Lovren e Vida; Rakitic (Bradaric), Badelj (Brozovic), Rebic (Pjaca), Modric (Kovacic) e Perisic; Kramaric 
Técnico: Zlatko Dalic





quarta-feira, 9 de maio de 2018

TUNEO DO TEMPO - CAMPEONATO BRASILEIRO DE 1997


CORINTHIANS PERDE NA ESTRÉIA

Confirmando a sina de não ir bem em estréia co campeonato brasileiro, o Corinthians perdeu por 3 a 1, no Pacaembu, para o campeão gaúcho. O ataque desperdiçou diversas chances, o meio de campo e a defesa falharam, e o Internacional aproveitou as três oportunidades que teve para definir o placar.

O JOGO

Havia uma expectativa quanto a estréia do Corinthians no Brasileir˜ao. O time estreou em campo com nova formação e testandoum novo esquema tático, o 3 - 4 - 3, tendo no zagueiro Antõnio Carlos, a figura de líbero, um jogador com ampla liberdade de movimentação. Porém, o atual campeão gaúcho, se fechou na defesa e soube partir na hora certa para o contra-ataque. Foi desta forma que o Inter chegou a marcação de três gols.
     Nelsinho fez o que pôde para dar maior mobilidade ao time, mas os atacantes desperdiçaram uma chance atrás da outra. O estreante Agnaldo entrou no segundo tempo, teve boa movimentação, abriu espaços, e acabou marcando o único gol do timão. souza e Donizete foram bem, mas também erraram muito nas conclusões. Mirandinha teve atuação apagada e, em nenhum momento, ofereceu perigo à zaga do Inter. Outro ponto negatino desta estréia, foi o excessivo número de passes errados, principalmente no meio de campo corintiano. Claro que estrear é bom, mas há que se ter calma , pois o campeonato está apenas começando. Por outro lado, em que pese a ausência de alguns jogadores considerados titulares, Nelsinho precisa repensar o esquema tático do time, já que esse três pontos perdidos em casa, terão que ser recuperados, e, para isso, o time precisará ser mais agressivo nos próximos jogos.

Fonte: Revista Raça Corinthiana, Ano: 1 - Edição número: 21, Julho/1997

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS
INTERNACIONAL

1x3


Competição: Campeonato Brasileiro - 1º Divisão
Local: Estádio Pacaembu (São Paulo/SP);
Data: 06/07/1997
Público: 8.610
Renda: R$: 89.815,00
Árbitro: Ubiraci Damázio (RJ);
Cartões amarelos: Romeu e Fábio Augusto (Corinthians);
Gols: Christian (Internacional) 35' do tempo; Christian (Internacional) 15', 18' e Agnaldo (Corinthians) 25' do tempo;

CORINTHIANS (SP)
Ronaldo; Antônio Carlos, Sangaletti (Agnaldo) e Henrique; Fábio Augusto, Gilmar (Fernando Diniz), Romeu e Silvinho; Souza, Donizete e Mirandinha.
Técnico: Nelsinho

INTERNACIONAL (RS)
André; Márcio, Régis e Luciano; Ânderson, Luciano, Marcelo e Sandoval (André K.); Fabiano (Sandro) e Christian (Odair).
Técnico: Celso Roth