Bem vindos ao Blog do Julhão, um blog 100% Esportivo e atualizado diariamente por Júlio César.

domingo, 31 de julho de 2016

200 METROS RASOS (MASCULINO E FEMININO)


200 metros rasos é uma modalidade olímpica de corrida no atletismo. A prova é provavelmente a mais antiga de todas as provas atléticas, já que a primeira corrida que se disputou nos Jogos Olímpicos da Antiguidade, o stadion, media mais ou menos 600 pés gregos, cerca de 192 m, uma volta inteira no estádio, o que equivale aos nossos modernos 200 metros. Disputada em metade de uma pista padrão de 400 metros, os atletas largam de blocos firmados no chão e correm dentro de raias marcadas na pista. Esta prova começa numa das curvas e termina na reta da meta, particularidade que exige o treino de uma combinação de técnicas, que não está presente nos 100 metros (disputados numa linha reta). Embora seja uma prova mais longa, os 200 metros são corridos normalmente com mais velocidade relativa que os 100 metros

RECORDES OLÍMPICOS

Masculino: 19.30 (Pequim/China, em 20/08/2008)

USAIN BOLT (JAMAICA)













Feminino: 21.34 (Seul/Coréia do Sul, em 29/09/1988)

GRIFFITH-JOYNER (EUA)














Confira todos os Campeões Olímpicos:

MASCULINO
1896 - Não foi disputada
1900 - (Paris) - Walter Tewksbury (Estados Unidos)
1904 - (St. Louis) - Archie Hahn (Estados Unidos)
1908 - (Londres) - Bobby Kerr (Estados Unidos)
1912 - (Estocolmo) - Ralph Craig (Estados Unidos)
1920 - (Antuérpia) - Allen Woodring (Estados Unidos)
1924 - (Paris) - Jackson Scholz (Estados Unidos)
1928 - (Amisterdã) - Percy Williams (Canadá)
1932 - (Los Angeles) - Eddie Tolan (Estados Unidos)
1936 - (Berlim) - Jesse Owens (Estados Unidos)
1948 - (Londres) - Mel Patton (Estados Unidos)
1952 - (Helsinque) - Andy Stanfield (Estados Unidos)
1956 - (Melbourne) - Bobby Morrow (Estados Unidos)
1960 - (Roma) - Livio Berruti (Itália)
1964 - (Tóquia) - Henry Carr (Estados Unidos)
1968 - (Cidade do México) - Tommie Smith (Estados Unidos)
1972 - (Munique) - Valeriy Borzov (União Soviética)
1976 - (Montreal) - Don Quarrie (Jamaica)
1980 - (Moscou) - Pietro Mennea (Itália)
1984 - (Los Angeles) - Carl Lewis (Estados Unidos)
1988 - (Seul) - Joe DeLoach (Estados Unidos)
1992 - (Barcelona) - Micheal Marsh (Estados Unidos)
1996 - (Atlanta) - Micheal Johnson (Estados Unidos)
2000 - (Sydney) - Konstantinos Kenteris (Grécia)
2004 - (Atenas) - Shawn Crawford (Estados Unidos)
2008 - (Pequim) - Usain Bolt (Jamaica)
2012 - (Londres) - Usain Bolt (Jamaica)
2016 - (Rio de Janeiro) - Usain Bolt (Jamaica)

{ 18 } Estados Unidos: 1900, 1904, 1908, 1912, 1920, 1924, 1932, 1936, 1948, 1952, 1956, 1964, 1968, 1984, 1988, 1992, 1996 e 2004;
{ 04 } Jamaica: 1976, 2008, 2012 e 2016;
{ 02 } Itália: 1960 e 1980;
{ 01 } Canadá: 1928;
{ 01 } União Soviética: 1972;
{ 01 } Grécia: 2000;

FEMININO
(De 1896 à 1936) Não foi disputada por mulheres
1948 - (Londres) - Fanny Blankers-Koen (Holanda)
1952 - (Helsinque) - Marjorie Jackson (Austrália)
1956 - (Melbourne) - Betty Cuthbert (Austrália)
1960 - (Roma) - Wilma Rudolph (Estados Unidos)
1964 - (Tóquio) - Edith McGuire (Estados Unidos)
1968 - (Cidade do México) - Irena Szewinska (Polônia)
1972 - (Munique) - Renate Stecher (Alemanha Oriental)
1976 - (Montreal) - Bärbel Wöckel (Alemanha Oriental)
1980 - (Moscou) - Bärbel Wöckel (Alemanha Oriental)
1984 - (Los Angeles) - Valerie Brisco-Hooks (Estados Unidos)
1988 - (Seul) - Florence Griffith Joyner (Estados Unidos)
1992 - (Barcelona) - Gwen Torrence (Estados Unidos)
1996 - (Atlanta) - Marie-José Perec (França)
2000 - (Sydney) - Pauline Davis (Bahamas)
2004 - (Atenas) - Veronica Campbell-Brown (Jamaica)
2008 - (Pequim) - Veronica Campbell-Brown (Jamaica)
2012 - (Londres) - Allyson Felix (Estados Unidos)
2016 - (Rio de Janeiro) - Elaine Thompson (Jamaica)


{ 06 } Estados Unidos: 1960, 1964, 1984, 1988, 1992 e 2012;
{ 03 } Alemanha Oriental: 1972, 1976 e 1980;
{ 03 } Jamaica: 2004, 2008 e 2016;
{ 02 } Austrália: 1952 e 1956;
{ 01 } Holanda: 1948;
{ 01 } Polônia: 1968;
{ 01 } França: 1996;
{ 01 } Bahamas: 2000;      
 

Obs: Marion Jones tornou-se o grande nome do atletismo feminino nos Jogos de Sydney 2000 ao conquistar três medalhas de ouro nos 100 metros rasos, 200 metros rasos e revezamento 4x100m, além de duas medalhas de bronze no salto em distância e no revezamento 4x400m.
Em outubro de 2007 confessou ter participado daqueles Jogos sob o efeito de esteróides anabolizantes e devolveu nessa data todas as medalhas olímpicas ao Comitê Olímpico Internacional. 
As medalhas foram realocadas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário